George Harrison: Living In The Material World

Esta semana circularam, nos diversos jornais londrinos, notícias sobre o lançamento do documentário dirigido por Martin Scorsese – o premiado diretor de “Taxi Driver”, “New York, New York” e muitos outros filmes famosos – sobre o ex-beatle George Harrison, intitulado Living In The Material World (título de uma de suas músicas e do álbum lançado em 1973).

O lançamento, em Blu-Ray e DVD, previsto para 10 de outubro, coincide com o 10º aniversário da morte de George, ocorrida em 29 de novembro de 2001, aos 58 anos. Além do filme de Scorsese, de acordo com os jornais locais, outros eventos deverão lembrar o aniversário de morte do artista, como uma retrospectiva de sua vida e carreira no Grammy Museum, em Los Angeles, e ainda o lançamento de uma biografia escrita pela viúva Olivia Harrison, contendo material inédito que não foi utilizado no filme.


O documentário de Martin Scorsese, produzido por Olivia Harrison, promete revelar uma outra face de George, conhecido como o “quiet beatle”.
Por meio de depoimentos de seus parceiros e amigos (Paul, Ringo, Eric Clapton, Mick Jagger…), produtores (Phil Spector, George Martin…), esposas (Olivia e Pattie Boyd), além de cartas, filmes caseiros e outros materiais inéditos, uma imagem radicalmente diferente de Harrison deve emergir.
As revelações incluem a luta de Olivia, a viúva de George, para manter o casamento, tendo em vista o comportamento meio “mulherengo” do ex-beatle, confirmado pelos depoimentos da ex-mulher Pattie Boyd; sendo George sutilmente definido por Paul McCartney como “um homem saudável, que gostava de tudo que os homens gostam”.

 

 

Ao que parece, um George Harrison menos religioso e mais divertido, sagaz e sarcástico, intenso em suas amizades, bem como obsessivamente perfeccionista em relação à sua música deve ser revelado ao público em George Harrison: Living In The Material World. Vamos aguardar!

Deixe uma resposta